SENHORES DO SUBMUNDO – 3° LIVRO – DARKEST PLEASURE

DE: GENA SHOWALTER

Reyes .Demônio da dor

 

     ” Salta!, o demônio ordenou de um grunhido, impaciente, ansioso, como se fosse uma criança fazendo birra.

     —Espera um pouco.

      Salta, salta, salta, salta!.

     Sim, algumas vezes os demônios eram como uma criança birrenta. Reyes passou uma mão pelo cabelo enredado e arrancou algumas mechas. Só conhecia um modo de sossegar a sua outra metade: a obediência. Nem sequer sabia por que tinha tentado resistir e saborear o momento.

      Salta!.

     —Quem sabe nesta ocasião volte para inferno. — murmurou Reyes.

     Quem dera.

     Finalmente, estendeu os braços. Fechou os olhos. Se inclinou…

     —Desce daí. —disse alguém atrás dele.

     Reyes abriu os olhos e ficou tenso. Se ergueu, mas não se voltou. Sabia que quem estava ali era Lucien, e sentia muita vergonha para olhar seu amigo. Lucien não entenderia o que tinha feito.

     —Isso é o que penso fazer, descer. Parte e o farei.

     —Já sabe a que me refiro. —respondeu Lucien — Preciso falar com você.

     Um aroma de rosas intenso alagou o ar, tão inesperadamente que Reyes poderia ter jurado que o tinham transportado a uma roseira em flor. Para um humano, aquele aroma teria sido hipnótico e calmante, e teria feito qualquer coisa que o guerreiro tivesse pedido. Para Reyes era apenas chato. Depois de passar milhares de anos juntos, Lucien deveria saber que aquela fragrância não tinha nenhum efeito nele.

     —Falaremos amanhã. — disse com tensão.

     Salta!.

     —Vamos falar agora. Depois pode fazer o que quiser.

Depois que ele tivesse admitido seu novo crime? Não, obrigado. Possivelmente a culpa, a vergonha e a pena pudessem lhe causar dor emocional, mas nada disso acalmaria seu demônio, não. Só a dor física lhe produzia alívio, razão pela qual ele sempre tinha protegido seu bem-estar emocional com tanta diligência.

     Sim, e tem feito um trabalho muito bom.

    Passou a língua pelas pontas dos dentes, sem saber exatamente quem tinha sussurrado aquele pequeno sarcasmo, Dor, ou ele mesmo.”

         (TRADUZIDO POR FÃS.) PROJETO REVISORAS TRADUÇÕES Formatação: Gisa. Revisão Inicial: Rosilene. Revisão Final: Danielle Aguiar

DARKEST PLEASURE – Ou  o Prazer Mais Escuro –  Reyes é um dos Senhores do Submundo, outrora tinha sido um guerreiro imortal dos Deuses. Agora ele era possuído pelo  demônio da Dor. Seu corpo teria passado a ser um dos substitutos da Caixa de Pandora, Assim como os corpos de outros Senhores como ele. Por causa da caixa que havia sumido, logo depois de deixar escapar  todos os demônios que ali viviam contidos. O demônio da Dor que vivia nele o fazia sofrer tantas dores que fosse necessária para lhe satisfazer.  Ele podia suportar isso, qualquer dor, exceto a idéia de perder Danika Ford, uma mortal amaldiçoada por Cronos, à morte. O rei dos deuses dos Olímpio tinha ordenado ao seu irmão Aereo, o guardião da ira, que a matasse. E Reyes ira impedi-lo, a todo custo, nem que para isso ele tivesse que desafiar a todos os deuses… Enquanto isso, os outros Senhores do Submundo continuava a procura dos artefatos para encontrar a caixa de Pandora, enfrentando os inimigos, caçadores.

QUER SABER MAIS? ACESSE: http://members.genashowalter.com.

Volte sempre a,

VAMPIT.

J. P. Santos, agradece.

https://vampitdivulgalivros.wordpress.com.

Contato:

 jugloxinia@uol.com.br

GOSTOU?

DEIXE SEU COMENTÁRIO.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s