A NIGHT HUNTRESS – 5° LIVRO – THIS SIDE OF THE GRAVE

  DE: JEANIENE FROST

     “Eu olhei em volta, tentando identificar onde Bones estava, quando da mesma forma que de repente eu tinha subido, eu comecei a cair. Meus braços começaram a fazer aquele louco movimento novamente, mas desta vez, nada aconteceu. Uma estúpida resignação me encheu quando vi a distância entre mim e o rio desaparecer. Boa coisa Bones estar com a minha jaqueta de couro, foi o meu último pensamento antes de chegar ao rio com um tremendo splash.

      O solavanco passou pelo meu corpo como um chute circular. Meu impulso me afundou vários metros debaixo d’água e eu surgi cuspindo fora o que tinha engolido acidentalmente quando respirei com o impacto. A face de Bones foi a primeira coisa que vi quando ressurgi. Ele flutuava no ar, alguns metros acima de mim, como uma bela visão, olhando para mim com um sorriso.

     – Eu lhe disse que saltar da ponte iria avivar seus instintos o suficiente para você voar.

     Eu dei um penetrante olhar para o menos-que-cheiroso rio em que eu estava flutuando. – Sim, mas eu ainda estou na água, então isso não funcionou tão bem como você pensou que iria.

     Seu sorriso se ampliou. – Nunca disse que não praticaria antes de você aprender a como se manter em movimento.

     Eu me aremessei para ele, decidida a mergulha-lo na água comigo, mas ele primorosamente escapou do meu agarre, rindo. Então ele me puxou para fora do rio por meus ombros. Com uma habilidade controlada voou em seguida – exibido – e eu estava de volta no topo da ponte, encharcando o peitoril de metal com as minhas roupas encharcadas.

     – Tudo bem. Outra vez, –  Bones declarou.

     Eu olhei para o rio abaixo e depois devolta para ele, notando que ele estava longe o suficiente para evitar qualquer outra tentativa que eu pudesse fazer de agarrá-lo a força. Antes dessa noite acabar, eu prometi a ele em silêncio, você estará mergulhando nessa água comigo. Necessidade poderia ter o levado a insistir nesta forma extrema de lição de vôo, mas seu sorriso falso disse que Bones estava adorando me ver espatifando no rio enquanto eu lutava para encontrar minhas asas de vampira.

     – Eu tinha esquecido o quanto você costumava apreciar dificultar as coisas para mim no treinamento. Receba cada jogada barata, cada golpe baixo, certo?

     Seu sorriso se tornou mais perverso, confirmando o meu palpite. – Será difícil te estressar o suficiente para voar, agora que você já pulou uma vez. Talvez tenha que te jogar para que o seu sangue suba o suficiente dessa vez.

     – Nem pense nisso, –  eu avisei.

     Uma sobrancelha arqueou. – Esse é um desafio, Kitten?

     Ele estava de alguma forma do meu outro lado, movendo-se com a rapidez de um relâmpago que me deixou sem defesa. Eu senti num piscar de olhos um aperto, um empurrão – e então eu estava caindo em direção ao rio, minhas maldições fluindo tão rápido quanto o vento e rapidamente me aproximando da
água.

     – Maldição, eu vou te pegar por isso! Apenas espere até eu colocar minhas mãos em você.

     – Paus e pedras*, amor, –  Eu o ouvi gritar em resposta. Então eu colidi com o rio, aumentando minha fúria violenta. Eu emergi bravejando novamente, vendo Bones pairando sobre mim, desta vez sem se preocupar em conter o seu riso.

      – Você parece um rato afogado. Talvez você devesse tentar se mover menos e se concentrar mais na próxima vez.

     – Você vai pagar tão caro por isso, –  Eu jurei, disparando para ele.

     – Se você quer a sua vingança, venha buscá-la, –  ele zombou, voando para fora do meu alcance, enquanto eu continuei nadando em sua direção.

     Meus olhos se estreitaram. Ele queria jogar, hein? Bem, talvez eu tenha esquecido o quanto gostava de ser cruel nos treinamentos, mas ele obviamente tinha esquecido que eu era rápida em aprender. Você voou duas vezes antes, o que significa que você tem a habilidade. Você só precisa avivar isso, ele disse há apenas pouco tempo.

     Ah, eu iria avivar isso. Agora mesmo.

     Eu canalizei todos os meus planos de vingança em desenhar o ar acima de mim como uma escada que eu poderia subir, como se eu pudesse torná-la sólida na minha mente. Bones continuou a voar em círculos por cima de mim, perguntando como eu gostava do meu banho noturno e refletindo que não deve ser verdade que os gatos* não gostavam de água. Eu ignorei aquelas piadas, continuando a imagem no ar como se fosse algo maleável.

     Energia começou a empurrar contra minha pele, crescendo até arranhar com a mesma constância que meu coração pulsava dentro mim. Lembre-se de como você sentiu o ar antes. Não é um espaço vazio. É algo que você pode dar forma e moldar, impulsionando você pra cima e além dele, se você apenas se concentrar num esforço suficiente…

    Quando eu senti o ar acima de mim pulsando na hora certa com a energia no meu corpo, eu saltei pra fora da água. Bones estava no meio de sua próxima passagem por cima de mim e eu corri atrás dele, embora ele arrancasse para trás no último segundo. Aquele sentimento exultante voltou, como um choque de adrenalina para o meu sistema, quando eu senti o ar se curvar a minha vontade, me permitindo o impulso e apoio para pegá-lo como um equipamento aéreo que nos fez voar ao redor.

     E então, com um riso vitorioso, eu apertei o meu agarre e caimos no rio, o seu riso em resposta foi a última coisa que ouvi antes da água se fechar sobre nós.”

( Traduzido por fãs) Equipe Night Huntress de Tradução. Night Huntress [Oficial]

THIS SIDE OF THE GRAVE – Ou, “Esse Lado da Sepultura”. Cat Crawfield passa por grandes mudanças em sua pós-vida. Ainda se ajustando a ter deixado de ser meio-vampira e passando a vampira por inteiro. Mas mesmo assim, ainda com suas  diferenças. Cat se alimenta de vampiros. Sugando seu sangue e suas habilidades ao mesmo tempo.

      Cat e Bones, seu marido,  um vampiro mestre. Têm afrontado e derrotado seus inimigos, lutando pelo direito de estarem juntos. Mas as novas e inesperadas habilidades adquiridas por Cat,  trazem novos inimigos, que ameaçam perturbar  o equilíbrio que ambos tinham conseguido.

     Rumores levam a crer que misterioso desaparecimento de vampiros, são obras de um fanático, para incitar uma guerra entre os ghouls e os vampiros.  E se estes dois grupos poderosos se confrontarem, mortais inocentes podem ser os mais prejudicados.

     Cat e Bones se vêm forçados a pedir ajuda a uma perigosa aliada; A própria rainha dos ghouls de New Orleans, Marie. Poderosa e cheia de habilidades mortais.

      Mas até que ponto eles poderão acreditar em sua ajuda? E a que preço? Sua ajuda, poderá se mostrar muito mais traiçoeira do que, até mesmo, à ameaça de uma guerra sobrenatural. Para não falar do efeito colateral que essa ajuda poderá causar a eles.  Como poderes tão difíceis de ser controlados que podem ser mais dizimadores do que enfrentar o próprio inimigo.

     Será se Cat conseguirá  evitar uma guerra entre os ghouls e os vampiros?

QUER SABER MAIS? ACESSE:   http://jeanienefrost.com/

volte sempre a:

VAMPIT

J. P. Santos. Agradesce.

https://vampitdivulgalivros.wordpress.com

Contato:

jugloxinia@uol.com.br

GOSTOU?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO.

J. P. Santos. https://vampitdivulgalivros.wordpress.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s