ANITA BLAKE – 13° LIVRO – MICAH

DE: LAURELL K. HAMILTOM

 

        “- Você realmente vai deixar que ela traga um civil em nosso caso?

      Fox olhou Franklin. Mesmo do banco traseiro não parecia amigável. “Sugiro, fortemente, que você deixe isso ir, agente Franklin”.

     – Jesus, o que é com ela? – Franklin disse. – Ela piscou, os grandes olhos castanhos e todo mundo olha para outro lado enquanto ela quebra uma dúzia de regras e curva a própria lei que estamos jurados a defender. –  Ele se virou no banco, tanto quanto o cinto de segurança iria deixar. – Como você faz isso?

     Fox disse: – Franklin, –  e a palavra era um aviso.

    – Não, Fox, está tudo certo. Se não tivermos resolvido isto, o agente Franklin e eu não vamos ser capazes de trabalhar juntos, vamos, agente Franklin? –  Minha voz não era amigável quando eu disse tudo isso. – Você quer saber como eu faço isso?

    – Sim, –  disse Franklin. – eu quero.

     – Eu sei como você acha que eu faço. Você acha que eu transo com todo mundo. Mas eu nunca conheci Fox, de modo que não pode ser isto. Então agora você está lutando, tentando descobrir isso.

     Ele fez uma careta para mim.

    – Quando você pensava que era apenas sexo, apenas uma mulher dormindo seu caminho através de sua carreira, você estava de bem com isso, mas agora, agora você simplesmente não consegue.

   – Não –  ele disse. – eu não consigo. Fox é o agente mais pelo-livro com quem eu já trabalhei, e ele está deixando você no carro com um civil. Isso não é como ele é.

     – Eu conheço o civil. –  disse Fox. –  Isso faz uma diferença.

     – Ele foi vítima de um crime violento. Então o quê? Você sabia quem ele é há quanto tempo?

     – Nove anos disse Fox numa voz suave, seus olhos escuros sobre o tráfego, mãos cuidadosas no volante.

     – Você não sabe o tipo de pessoa que ele é agora. Nove anos é muito tempo. Ele devia ser um adolescente então.

     – Ele tinha dezoito anos. – disse a voz cuidadosa de Fox.

     – Você não o conhece agora. Ele poderia ser um cara mau para todos que você conhece.

     Fox olhou no espelho retrovisor. – Você é um cara mau, Micah?

     -Não, senhor. –  disse Micah.

     – É isso? –  Franklin disse, e parecia que ele estava indo ficar em histeria ou ter um derrame. – Você lhe pergunta se ele é um cara ruim, e ele diz que não, e isso é bom o suficiente?

     – Eu vi o que ele sobreviveu, você não. Ele respondeu ás minhas perguntas, quando a sua voz era apenas uma grosa rouca porque o assassino tinha agarrado a garganta dele. Eu trabalhei para a Pesquisa de Apoio por cinco anos e o que foi feito para ele é ainda uma das piores coisas que eu já vi. –  Ele teve que pisar no freio para não bater na fila súbita de tráfego em frente de nós. Todos nós ficamos muito bem familiarizados com nossos cintos de segurança e, em seguida, ele continuou. – Ele não precisa provar nada para você, Franklin, e ele já provou tudo o que ele precisava provar para mim. Você vai deixar em paz ele e Marshal Blake.

     – Mas você não quer mesmo saber porque ele está aqui? O porque ela trouxe ele? Este é um processo em curso. Ele poderia ser um repórter por tudo o que você conhece.

     Fox soltou um suspiro longo e alto. – Vou deixá-los responder a essa pergunta uma vez, apenas uma vez, e então você deixa pra lá, Franklin. Deixa pra lá antes de eu começar a ter mais simpatia com Bradford porque você teve que ser transferido.

     O que parou Franklin por um segundo ou dois. O tráfego começou a rastejar para a frente. Nós parecíamos ter pego o tráfego da hora de ponta. Pensei a princípio que a ameaça iria fazê-lo desistir, mas Franklin era feito de mais estofo do que isso.

     – Se ele não é um animador ou um executor de vampiro, então com o que ele vai ajudar, Marecha Blake? Ele quase conseguiu manter o sarcasmo fora do “Marshal Blake.”

     Eu estava cansada de Franklin, e eu não sou tão boa em mentir. Eu tive menos de duas horas de sono e tive que voar num avião. Então eu disse a verdade, a verdade absoluta.

     – Quando você precisa ter relações sexuais três ou quatro vezes por dia, é apenas mais que conveniente trazer seu amante com você, você não acha, agente Franklin? –  Eu dei-lhe uns grandes, inocentes olhos .

     Ele me deu um olhar azedo. Fox riu.

     – Muito engraçado, –  disse Franklin, mas ele se acomodou em sua cadeira e ele nos deixou sozinhos. A verdade não pode libertá-lo, mas usada com cuidado, pode confundir um inferno seus inimigos.”

(Traduzido por fãs).Livros de Sobrenatural Contigo.. Tradução: Poiesis. Revisão: Maga. Formatação: Poiesis

MICAH – Anita Blake , Marshal executora de vampiros , levantadora de zumbis. Nunca em sua vida pensou estar envolvida com um homem como estava com o seu namorado Micah. O Nimir-Raj do seu povo Leopardoman. O que fazia de Anita sua Nimir-Ra o equivalente a rainha Leopardo, mesmo que ela ainda fosse humana. Micah era dos seus amantes o mais perfeito. Era um dos seus refúgios. Seus braços, seu corpo, seu sorriso. Sua calma  sua aceitação  a violência e tudo mais. Tudo que precisava que ser, ele seria. Mas, nunca tinham estado sozinhos. E bastou tê-lo feito por um tempo para se vê em pânico. Estava com medo  que  Micah e ela não iriam funciona se não tivesse alguém para equilibrar as coisas.  E ela não queria isso… ela não queria que Micah simplesmente, fosse embora.

QUER SABER MAIS? ACESSE:  www.anitablake.com

volte sempre a:

VAMPIT

J. P. Santos. Agradesce.

https://vampitdivulgalivros.wordpress.com

Contato:

jugloxinia@uol.com.br

GOSTOU?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s