TRILOGIA CINQUENTA TONS – 2° LIVRO – CINQUENTA TONS MAIS ESCURO

DE: E. L. JAMES

2° LIVRO

     “… Christian chama o garçom para pedir a conta, em seguida, pega seu Blackberry e faz uma chamada.

     – Estamos no Le Picotin, Terceira Avenida South West. – Ele desliga.

     Caramba, ele é seco por telefone.

     – Você é muito rude com Taylor, de fato, com a maioria das pessoas.

     – Apenas falei diretamente, Anastásia.

     – Você não falou diretamente está tarde. Nada mudou, Christian.

     – Isso tudo começou com uma proposta.

     – É uma proposta diferente.

     O garçom volta e Christian lhe entrega o seu cartão de crédito, sem verificar a conta. Ele olha para mim de forma especulativa, enquanto o garçom pega o seu cartão. O telefone de Christian vibra uma vez, e ele olha para ele.

     Ele tem uma proposta? E agora? Um par de cenário percorrem a minha mente: sequestro, trabalhar para ele. Não, nada faz sentido. Christian acaba de pagar.

      – Venha. Taylor está lá fora.

     Nós levantamos e ele pega a minha mão.

   – Eu não quero perder você, Anastásia. – Ele beija meus dedos carinhosamente, e o toque de seus lábios em minha pele ressoa por todo o meu corpo.

     Lá fora, o Audi está esperando. Christian abre a minha porta. Entrando, eu afundo no couro macio. Ele vai para o lado do motorista, Taylor sai do carro e eles falam brevemente. Esse não é o seu protocolo habitual. Estou curiosa. O que eles estão falando? Momentos depois, ambos entram no carro, e eu olho para Christian que está vestindo seu rosto impassível, quando ele olha para frente.

     Permito-me um breve momento para analisar o seu divino perfil: nariz reto, lábios carnudos esculpidos, cabelo caído deliciosamente sobre a testa. Este homem divino não é, certamente, para mim.

     Uma música suave se infiltra na parte traseira do carro, uma peça orquestral que eu não conheço, Taylor liga o carro e o conduz para o tráfego leve, em direção a I-5 e Seattle.

     Christian se move e me encara.

     – Como eu estava dizendo, Anastásia, eu tenho uma proposta para você

      Olho nervosamente para Taylor.

     – Taylor não pode ouvir, – tranquiliza-me Christian.

      – Como?

     – Taylor, – Christian chama. Taylor não responde. Ele chama de novo, ainda sem resposta. Christian se inclina e toca seu ombro. Taylor remove um protetor de orelha. Eu não tinha notado isso.

      – Sim, senhor?

     – Obrigado Taylor. Tudo bem, retorne a sua escuta.

     – Senhor.

   – Feliz agora? Ele está ouvindo o seu iPod. Puccini. Esqueça que ele está aqui. Eu esqueço.

     – Será que você deliberadamente pediu para ele fazer isso?

     -Sim.

     Oh.

      – Ok, sua proposta?

     Christian se vê repentinamente determinado e metódico. Puta merda. Estamos negociando um acordo. Eu escuto com atenção.

     Minha boca cai.

     – Foda depravada? – eu chio.

     – Foda depravada.

    – Eu não posso acreditar que você disse isso. – Olho nervosamente para Taylor.

     – Bem eu disse. Responda-me. – Ele diz calmamente.

     Eu fico passada. Minha deusa interior está de joelhos com as mãos postas em súplica, implorando.

     – Eu gosto de sua foda depravada, – eu sussurro.

     – Foi isso que pensei. Então do que você não gosta?

   Não ser capaz de tocá-lo. Você curtindo a minha dor, a batida do cinto…

     – A ameaça de punição cruel e incomum.

     – O que significa isso?

   – Bem, você tem todos esses bastões e chicotes e outras coisas em sua sala de jogos, e eles me apavoram. Eu não quero que você use isso comigo.

     – Ok, nada de chicotes, ou bastões, ou cintos, por qualquer motivo, – ele diz sarcasticamente.

      Eu olho para ele perplexa.

     – Você está tentando redefinir os limites rígidos?

    – Não como tal, eu só estou tentando entendê-la, obter uma imagem mais clara do que você gosta ou não gosta.

     – Fundamentalmente, Christian, sua alegria em me infligir dor é difícil de aguentar. E a ideia de que você vai me fazer isso, por eu ter cruzado alguma linha arbitrária.

     – Mas não é arbitrária, as regras estão escritas.

     – Eu não quero um conjunto de regras.

     – Nenhuma?

   – Não, sem regras. – Eu sacudo a cabeça, mas meu coração esta na minha  boca. Aonde ele quer chegar com isso?

     – Mas você não se importou quando eu bati em você?

     – Bateu-me com o que?

     – Isso. – Ele levantou sua mão.

  Eu me contorço desconfortavelmente. – Não, não realmente. Especialmente com aquelas bolas de prata… – Graças a Deus está escuro, meu rosto está ardendo e minha voz se extingue quando eu me lembro daquela noite. Sim… Eu faria isso de novo.

     Ele sorriu para mim. – Sim, foi divertido.

    –  Mas do que divertido, – eu murmuro…”

(traduzido por fãs)Pegasus lançamentos – Tradução: Marcia Oliveira, Ady Miranda, Partenope, Gilma, Lucimar e Elena W. Revisão inicial: Soryu. PRT- Tradução – Miriam e Dani C.  TAD – Tradução – Serena, Pamela e Gaby,  Li Humter.  Revisão final: Elena Somerhalder.

VIDEO – http://www.youtube.com/watch?v=Zf379IRI9RE

CINQUENTA TONS MAIS ESCUROS – Ana Steele, depois de ter alguns encontros amorosos, com Christian Grey, fica consciente do quanto sombrio é o seu mundo e o quanto poderia ser escuro o seu futuro se ficasse com ele. Ela não acha ser a pessoa certa,  capaz de suportar viver submissa  sob o seu domínio.  E com medo de acabar se machucando em seus jogos sexuais, ela desiste de tentar um relacionamento com ele, afastando-se de vez.

Concentrando-se em seu novo emprego, numa editora de livros, ela quer seguir em frente e esquecê-lo. Mas, descobre, a duras penas, que a separação machuca mais, do que ser submetida aos caprichos do lindo e  atraente empresário. Por isso, acaba aceitando uma nova proposta imposta por ele.

Porém, são muitos obstáculos que eles tem que ultrapassar, sem falar do surgimento de uma ex-sub de Christian ameaçando segurança de Ana, a intromissão obsessiva da Sra. Robison. O ciúme e a fúria de Christian pelos homens que cercam Ana. Principalmente o seu chefe, que esta a assediando…   Um perigoso inimigo espreita, esperando oportunidade para por em prática uma vingança. A vida de  toda a família Grey, corre perigo, inclusive a de Christian que sofre um atentado homicida…

A insegurança de Christian por Ana, o leva a tomar medidas extremas.  Ela conseguirá um pouco de liberdade em meio a toda essa confusão, para viver sua própria vida?

QUER SABER MAIS, ACESSE:   www.eljamesauthor.com/

J. P. Santos. https://vampitdivulgalivros.wordpress.com

Contato:

jugloxinia@uol.com.br

GOSTOU?

DEIXE SEU COMENTÁRIO.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s