CONTOS MEDONHOS – O CHAPÉU DA BEATA BERTA

DE: JANA LAUXEN

contos medonhos

“Lá vai a Berta, o chapéu cobrindo a vista e o casaco cobrindo seus braços flagelados. Faz quarenta e dois graus e ela usa mangas compridas. Sei que esta machucada,todo mundo sabe. E ela sabe que sabemos…”

O CHAPEU DA BEATA BERTA – A Berta é uma religiosa fervorosa. Todo mundo conhece ela. Mas o que ninguém sabe é que ela esconde um segredo…

QUER SABER MAIS? ACESSE: http://www.janalauxen.com

VAMPIT
J. P.Santos. Agradece.
https://vampitdivulgalivros.wordpress.com
Contato:
jugloxinia@uol.com.br
GOSTOU?
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

CONTOS MEDONHOS – O CARRASCO

DE: VÂNIA LOPES

contos medonhos

“… A sala onde eram realizados os julgamentos estava lotada. Era a primeira vez que havia na cidadezinha, o julgamento de uma bruxa. Ali, era proibido qualquer tipo de religião, que não fosse a católica. Benzeção e o uso de ervas desconhecidas eram considerados arte maligna…”

O CARRASCO – Fazer seu serviço era uma satisfação. Deliciava-se ver o condenado se borrando de medo por todo o processo do julgamento à execução. Mas, isso acabou, quando uma senhora de sessenta anos fora acusada inocentemente de bruxaria…

 QUER SABER MAIS? ACESSE:

http://www.recantodasletras.com.br/autore/vaninhadesouza

Ou pelo e-mail: vanfeliz@yahoo.com

VAMPIT

J. P.Santos. Agradece.

https://vampitdivulgalivros.wordpress.com

Contato:

jugloxinia@uol.com.br

GOSTOU?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

CONTOS MEDONHOS – NATAL SOMBRIO

DE: JORGE EDUARDO MACHADO

contos medonhos

 “… Olhou para baixo e viu um menino de seus cinco anos, choroso. Carregava consigo um boneco articulado, desses de super-herói. O braço do boneco tocara a calça de Fausto, que fitava atentamente o brinquedo.

-Tio, não sei onde tão meus pais.

-É? E esse Superman? Diz para o tio, como foi que conseguiu ele?

-Ganhei no último Natal. Se você me levar pros meus pais, deixo você brincar com ele, tá bom? – disse o garoto…”

NATAL SOMBRIO – Fausto  o organizador de um evento político, depois de ter visto um brinquedo na mão de um menino teve lembranças aterrorizantes de um Natal quando ainda era criança…

 QUER SABER MAIS? ACESSE:

http://www.recantodasletras.com.br/autore/jem

VAMPIT

J. P.Santos. Agradece.

https://vampitdivulgalivros.wordpress.com

Contato:

jugloxinia@uol.com.br

GOSTOU?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

CONTOS MEDONHOS – INSÔNIA

DE: NANNI ALMEIDA.

contos medonhos

   “… Em  outra ocasião, pensaria ter abusado do vinho, porém não havia bebido, estava tão sóbrio quanto uma águia que ataca sua presa. a sensação de se ver era estranha, algo além da sua compreensão. O desespero tornava-se nítido em seu rosto, embora desejasse a morte, sabia que não havia morrido.

   – Acalme-se, eu estou bem – disse a voz, que deveria estar calada.

   – Lara! – ele respondeu atônito. –  É você?…”

INSÔNIA – Uma presença forte, uma angustia infinita. Lembranças… Lara…  Ele quer tocá-la.

Mas ai vem o desespero, muito sofrimento e o medo… Existe uma linha entre dois mundos, o seu e o dela.

Tudo muito confuso…  Seria real ou só  imaginação?

QUER SABER MAIS? ACESSE: nanni-almeida@hotmail.com

VAMPIT

J. P.Santos. Agradece.

https://vampitdivulgalivros.wordpress.com

Contato:

jugloxinia@uol.com.br

GOSTOU?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

CONTOS MEDONHOS – LEPROSÁRIO

DE: THIAGO COSTA

contos medonhos

“… Gotas de suor correm entre minhas pernas. Calor. As paredes estão empenadas, a madeira continua a estalar, o vidro quebra. Acendo um cigarro e espero o fim do mundo…”

LEPROSÁRIO – Um velho garimpeiro desbravando os últimos momentos de vida…

QUER SABER MAIS? ACESSE: aniquilamento@hotmail.com.

VAMPIT

J. P. Santos. Agradece.

https://vampitdivulgalivros.wordpress.com

Contato:

jugloxinia@uol.com.br

GOSTOU?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

CONTOS MEDONHOS – HÁ TEMPOS

DE: RAPHAEL ANDRADE

contos medonhos

     “…”Há tempos tive um sonho. Não me lembro, não me lembro…”

     Sabe, desisti de sonhar com o mundo voltado ao que era. Nem lembro mais do que sonhava. Maratonista, talvez quisesse ganhar uma olimpíada. Sério, não lembro. Só as músicas ficaram marcadas na minha mente. Tornam as fugas mais leves.

     “Tua tristeza é tão exata e, hoje, o dia é tão bonito. Já estamos acostumados a não termos mais nem isso.”

     A quantidade de zumbis atrás de mim está aumentando. Há tempos não vejo tantos de uma vez. Os últimos dias até foram tranquilos. Fui uma verdadeira anta selvagem e não estoquei comida suficiente. O que me resta nem enche o saco na minha mão. Tudo o que já tive me foi arrancado. E até o que tenho não é meu.

     “Os sonhos vêm e os sonhos vão e o resto é imperfeito.”…”

HÁ TEMPOS – É tempo de caça e caçador, e ele foge em um mundo destruído pela doença. Todos mortos, e os mortos-vivos caçam os últimos vivos.  Ver todos que amava ter o mesmo fim. Mortes dolorosas. A esperança de um dia o mundo voltar ao que era, fora embora. Cansaço e solidão. Loucura…

QUER SABER MAIS? ACESSE: ralfmeza@hotmail.com

VAMPIT

J. P. Santos. Agradece.

https://vampitdivulgalivros.wordpress.com

Contato:

jugloxinia@uol.com.br

GOSTOU?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

CONTOS MEDONHOS – FÍGADOS

DE: BETO CANALES.

contos medonhos

     “A vida é difícil, às vezes, mas ótima constantemente. E gosto de bife de fígado.

     Então? Chocado com a minha revelação? Cortado fininho, seco, à milanesa, bem frito. Não é uma delicia? Falo isso, porque, outro dia, ouvi que deveria ousar mais na literatura. Isso calou fundo. Sou um escritor e, normalmente, gostam dos meus textos, apesar de nem sempre serem entendidos. Não ligo e, por isso, a vida é melhor do que difícil. Mas, a verdade é que a critica me incomodou…”

FÍGADOS – Um escritor meio que chateado por uma critica feita de suas escritas, resolve contestar o porquê ele teria de ser mais ousado. Cita cenas fortes que chocam ou relata algumas citações de grandes escritores…

Sim…  E o que tem haver o bife de fígado com tudo isso?

Só lendo…

QUER SABER MAIS? ACESSE:  betopaidotomas@gmail.com

volte sempre a:

VAMPIT

J. P. Santos. Agradece.

https://vampitdivulgalivros.wordpress.com

Contato:

jugloxinia@uol.com.br

GOSTOU?

DEIXE O SEU COMENTÁRIO.